A Golpista

Dave tinha 86 anos, era milionário e dono de uma mega empresa. A revolta da família foi quando Dave se casou com Laura de apenas 24 anos. Ela já havia casado com um senhor de idade antes, todos da família suspeitavam que era mais um golpe. Porém o que ela não sabia, era que Dave detinha uma tecnologia milionária, capaz de transferir a sua consciência para outro corpo.
Quando estava bem debilitado, ele trocou de corpo com sua esposa. Ao fazer isso o cérebro de seu antigo corpo fritou, talvez pela idade, porém agora sua mente já estava em outro corpo. “Pobre Laura” disse ele. “Bem, essa vadia teve o final que mereceu…”.
Agora com todo seu conhecimento, Dave poderia recomeçar a sua vida e comandar a sua empresa, ele havia deixado todos os seus bens para Laura no testamento. Uma nova vida estava começando.

Os Empresários

Greg, Donald e Luke estavam no Brasil para uma viagem de negócios. Depois de um dia atarefado, os dois foram para o bar. Três belas mulheres notaram dos empresários ricos e estrangeiros. À medida que a noite continuava, as três mulheres continuavam a flertar, levaram os 3 à uma praça onde começaram a se beijar.
Os três amigos de repente se sentiram muito diferentes. Para começar, ambos ficaram sóbrios. Greg colocou a mão em seu rosto, sentindo uma pele lisa em vez de seu rosto enrugado. Ao mesmo tempo, Donald colocou as mãos sobre os peitos para cobrir o desconfortável sentimento de seios que ele agora tinha. Ambos ficaram chocados quando viram seus corpos anteriores tropeçarem. As mulheres haviam roubado seus corpos, e não parecia haver algo que pudessem fazer sobre isso.
Depois de cerca de uma hora, Greg finalmente falou: “Pior pra elas! Eu acho…”. “Sim, a empresa assim que perceber que voltamos dessa viajem sem nenhum resultado concreto vai nos demitir, disso tenho certeza!” Donald riu.

Impostor

“Ei amor, você está muito confiante estes dias, tu nunca usou roupas que mostram tanto o corpo, eu já te disse que tu está ótima!”
Nick olhou com o mesmo olhar para os olhos de seu marido que olhava agora para cada parte de seu corpo a mostra. “Mais é claro que estou ótima, com um corpo deste, qualquer coisa fica bem em mim!” disse Nick, rindo de volta no sorriso mais safado que ele conseguia dar.
Nick agora se aproximou do namorado, e deu uma apertada de leve no seu pênis discretamente, e retribuiu apertando sua bunda. “Chegando em casa vou rasgar esse vestido” disse o namorado. Porém o que ele não sabia era que dentro de sua esposa estava um homem negro de 88 anos, resultado de um evento chamado “A Pequena Troca” em que apenas algumas pessoas do mundo trocaram de corpo.

Saindo do Asilo

Charles conhecia outras pessoas de sua casa de repouso que se queixavam dos efeitos da “Grande Troca”.

Agora que estavam todos em corpos mais jovens, eles estavam sendo expulsos de casa e esperavam conseguir emprego. Charles, entretanto, não estava reclamando.

Como ele poderia? Ele era jovem e cheio de energia novamente. Além disso, este corpo estava mais apto e ágil do que nunca. Ao contrário de muitos de seus amigos, ele estava ansioso para voltar ao trabalho. 
Não lhe importava que ele fosse agora uma mulher. 
As únicas pessoas pelas quais ele se sentia mal eram por aqueles agora presos nos antigos corpos de seus velhos amigos. Eles estavam se encontrando em uma casa para os idosos muito antes de seu tempo. 
Ele estava feliz por estar fora de lá, sua primeira ida foi a praia! Colocou o menor biquíni que encontrou. Estava surpreso pelos olhares que aquele novo corpo atraia.

Não é a mamãe!

“Que merda é essa David?”, falou Mônica através de um garoto de 10 anos. “Mamãe está cavalgando querido, sai daqui e volte para o seu quarto!” disse David no corpo de sua mãe de 38 anos.

A grande troca havia trocado David e Mônica de corpo, Mônica estava vendo seu corpo volumoso cavalgar no pênis de um desconhecido e seu pequeno pinto de criança estava duro. Correu para o seu quarto e começou a se masturbar, teve ali sua primeira ejaculação masculina.

David havia convidado um colega de escola que tinha trocado de corpo com um homem de 42 anos. Porém o corpo da sua mãe pedia por sexo, até que resolveu satisfazer os desejos.

Agora ouvia seus gemidos de mulher, aquilo doía a dor passava e se transformava em prazer logo sem seguida.